Dieta baixa em hidratos de carbono: tudo o que você precisa saber antes de começar este regime | Sociedade

Dieta baixa em hidratos de carbono: tudo o que você precisa saber antes de começar este regime | Sociedade

31/03/2021 Off Por Portal Vida Verde

Se você decidiu começar uma dieta baixa em hidratos de carbono e ainda não sabe quais os alimentos que pode consumir… este é o seu dia! De acordo com diversos estudos científicos, uma dieta baixa em hidratos de carbono é eficaz para o emagrecimento, melhorar o estado de saúde e diminuir o risco de doenças.


No artigo de hoje, você vai conhecer quais os alimentos que têm menos quantidade de hidratos de carbono e quais os que deve evitar a todo o custo. Além disso, inclui um menu muito fácil de seguir, para que vá aquecendo os motores.


Princípios básicos


Um resumo com os princípios básicos de uma dieta baixa em hidratos de carbono poderia ser o seguinte:


Permitido consumir: carne, peixe, ovos, legumes, frutas, frutos secos, sementes, produtos lácteos ricos em gordura, gorduras, óleos saudáveis e até mesmo certos tubérculos e cereais sem glúten.


É proibido consumir: açúcar, JMAF (xarope de milho de alta frutose), trigo, óleos vegetais, gorduras trans, adoçantes artificiais, produtos dietéticos e baixos em gordura e alimentos altamente processados.


Bebidas: água, café, chá, bebidas gaseificadas sem adoçantes artificiais.


Quais os alimentos que inclui uma dieta baixa em hidratos de carbono?


Tal como o seu nome indica, uma dieta baixa em carboidratos e com alimentos reais implica comer produtos naturais com baixo teor em hidratos de carbono.


Os alimentos que consumas dependem de seu estado de saúde, do exercício que você realiza e de seu peso corporal.


Mas não esqueça que você deve basear sua dieta em alimentos saudáveis e, muito importante, alimentos não processados.


FRUTAS: maçãs, amoras, bananas, laranjas, peras, morangos…


LEGUMES: cenoura, espinafre, brócolis, couve-flor…


Nozes E SEMENTES: nozes, amêndoas, sementes de girassol…


CARNE: vitela, cordeiro, porco, frango… A carne a pasto, é a melhor opção.


PEIXE: salmão, truta, bacalhau… O peixe capturado em estado selvagem, é a melhor opção.


LÁCTEOS ricos EM GORDURA: queijo, manteiga, iogurte.


OVOS: ovos de pastagem ou enriquecidos com ômega 3.


GORDURAS E ÓLEOS: óleo de coco, manteiga, banha de porco, óleo de oliva e óleo de fígado de bacalhau.


Se você está saudável, você é uma pessoa ativa e não precisa de perder peso, você pode permitir que você a comer mais carboidratos de vez em quando:


TUBÉRCULOS: batata, batata doce…


CEREAIS SEM GLÚTEN: arroz, aveia, quinua…


LEGUMES: aentejas, feijão…


Com moderação, pode também consumir:


VINHO: escolha vinhos secos sem adição de açúcares ou hidratos de carbono.


CHOCOLATE PRETO: escolha marcas ecológicas, com 70 % de cacau ou mais. O chocolate preto é rico em antioxidante e proporciona benefícios saudáveis se você comer com moderação.


Quais os alimentos que desaconselha uma dieta baixa em hidratos de carbono?


Embora já mencionei mais acima, agora estendi a lista com alguns exemplos de cada tipo de alimento, ordenados por ordem de importância:


Açúcar: bebidas com gás, suco de frutas, doces, sorvete…


Cereais com glúten: trigo, centeio e cevada —incluindo o pão e o macarrão.


Gorduras trans: óleos hidrogenados ou parcialmente hidrogenados.


Óleos vegetais e sementes ricos em omega 6: óleo de milho, de canola, sementes de algodão, semente de uva, girassol e de cártamo.


Edulcorantes artificiais: sucralose, sacarina, aspartame, ciclamato e acesulfame-k. Opta pela estévia.


Produtos dietéticos e de baixo teor de gordura: muitos produtos lácteos, cereais, biscoitos…


Alimentos altamente processados: qualquer produto que pareça que foi elaborado em uma fábrica.


Não esqueça:


Leia atentamente a lista de ingredientes dos produtos, incluindo os produtos marcados como alimentos saudáveis. e caso queira conhecer como 100 Peso Funciona veja a matéria;


Menu baixo em hidratos de carbono para uma semana


Este menu fornece menos de 50 gramas de carboidratos por dia, mas se você desfruta de um bom estado de saúde e você é uma pessoa ativa, você pode aumentar a quantidade.

Nutrição sem mais

Nutrição sem mais

Nutrição sem mais

Nutrição sem mais


Mas lembre-se, antes de começar qualquer dieta, você deve consultar primeiro o seu médico. É necessário a assessoria de um especialista que nos esclareça e nos passar os dados básicos ajustados para cada necessidade, para não ter complicações no futuro.